Sobre a coxa e a sobrecoxa de pato

Sem dúvida uma iguaria! Ai a gente se pergunta logo como servir o pato, se o Magazzino quebraria o nosso galho, com alguma dica de receita para que possa preparar com facilidade; e aí de quebra, não custa, nos diz como devemos servir. O Magazzino responde: na França o pato é amplamente consumido, portanto, se é iguaria, é uma iguaria das mais francesas. No Magazzino os nossos cortes de pato são da Vila Germânia que usa matrizes francesas, portanto uma carne mais tenra e de sabor delicado. O preparo exige alguns cuidados como temperar de véspera, deixando-o "dormir" numa marinada a fim de hidratar bem a carne.

Carne de pato

 

É comum associar a carne de pato a um acompanhamento adocicado, seja molho (redução de vinho do Porto, calda de frutas vermelhas ou damasco, fica uma delícia!) ou purê (batata doce, mandioquinha) ou arroz com castanhas e passas ou ainda uma farofa de banana ou abacaxi, daquelas que só nos nordestinos sabemos preparar. Mas quais os benefícios? A quem agrado, servindo pato? Aqui em Natal temos visto que o pato não é muito consumido e/ou apreciado. Sugiro serví-los a pessoas que gostam da boa gastronomia ou aquelas que são abertas a novos sabores!

 

 

 
Facebook
 

Mande seu comentário

Nome: *
E-mail:
Mensagem: *

0 Comentários

Encontre diversos produtos e sabores em nossa loja.